domingo, 29 de janeiro de 2012

Visibilidade das Travestis no FST 2012




Neste ano de 2012, as principais atividades do Dia da Visibilidade das Travestis em nível nacional foram realizadas em Porto Alegre, na programação do Fórum Social Temático, com apoio dos Ministérios da Saúde e dos Direitos Humanos (SDH/PR). 

A entidade responsável pela organização foi a Igualdade RS - Associação de Travestis e Transexuais do Rio Grande do Sul, com a presença de lideranças nacionais da ANTRA, da ABGLT e artistas travestis de várias regiões do Brasil.

Marcha de Abertura

Na tarde de terça-feira, 24 de janeiro, com Porto Alegre sob um calor escaldante que se aproximava dos 40°C, foi realizada a Marcha de Abertura do Fórum Social Temático. As travestis estavam presentes carregando a faixa "Sou travesti, tenho direito de ser quem eu sou" e promovendo a visibilidade no meio de tanta diversidade humana, política e social que se encontra no público do Fórum.


Mesa de Diálogos - Dia da Visibilidade das Travestis: Saúde, Educação, Segurança Pública

Na quinta-feira, 26 de janeiro, das 13 às 16hs, na Arena Chico Mendes, situada no Espaço Saúde e Cultura Frida Kahlo, aconteceu a Mesa de Diálogos relativa ao Dia da Visibilidade das Travestis, abordando temas importantes como a Saúde, Educação e Segurança, com representantes do Ministério dos Direitos Humanos (SDH/PR), Ministério da Saúde, Ministério da Cultura, Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos, Brigada Militar e Superintendência dos Serviços Penitenciários (SUSEPE) do RS, da Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Vereadores de Porto Alegre e lideranças travestis representando a ANTRA e a ABGLT.


Além da riqueza dos debates e da prestação de contas dos representantes do poder público, também ocorreu a entrega do Troféu do Dia da Visibilidade das Travestis a algumas autoridades, feita por Marcelly Malta, Presidenta da Igualdade RS.



Ato Público na Esquina Democrática

A chamada Esquina Democrática é o cruzamento das principais ruas e o mais importante ponto de encontro do Centro Histórico de Porto Alegre, local de tradicionais manifestações políticas.


Foi lá que, ao meio-dia da sexta-feira, 27 de janeiro, as travestis realizaram um ato público para afirmar a  sua visibilidade, perante os milhares de pessoas que transitam pelo local naquele horário.






Concurso Miss Igualdade e Noite Cultural da Visibilidade das Travestis

Na noite de sexta-feira, novamente na Arena Chico Mendes, foi a vez de acontecer a Noite Cultural e o Concurso Miss Igualdade. O evento contou com a presença das travestis Renata Perón, na apresentação, interpretando canções de Noel Rosa e outros artistas nacionais, Angela Leclerry, com sua formidável voz de cantora lírica, a versatilidade de Marina Garlen e a presença de várias outras artistas nacionais e locais.


Alternando com as performances das artistas, mais algumas premiações com o Troféu do Dia da Visibilidade das Travestis, sempre coordenadas pela incansável Marcelly Malta.


Finalmente, o grande momento, com o primeiro concurso de escolha da Miss Igualdade. As candidatas desfilaram em grande estilo, abrilhantando a noite e causando uma enorme dificuldade aos jurados. Dessa maneira, foi por uma pequena diferença de pontos que Angel Delamare foi escolhida a grande vencedora e premiada com o troféu de Miss Igualdade.




Depois de tudo, uma grande festa para comemorar e a convicção de que algo muito maior poderá ser feito no próximo ano, quando provavelmente a cidade de Porto Alegre, voltará a ser a sede do Fórum Social Mundial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário